quarta-feira, 6 de julho de 2011

Diário de Bordo (2)


Dia 09 de junho de 2011, com início por volta das 15h.

O grupo se reuniu na Universidade Cruzeiro do Sul no laboratório de informática do núcleo de artes, neste local todos integrantes teriam computadores com acesso a internet, o que facilitou muito a nossa reunião.

O primeiro assunto em pauta foi a nossa papelaria, precisamos de materiais de comunicação como cartões de visitas e filipetas que divulguem o grupo e nosso trabalho em outros locais até para que as pessoas conheçam este blog. Na reunião anterior tínhamos decidido por dois blogs, mas o formato deles foi apenas decidido nesta. Analisamos os desenhos do Luiz e chegamos nestas versões que estão no ar.

Além disso pensamos muito desde a ultima reunião em como deveríamos realizar os LARPs e as oficinas que estão programadas no projeto. Após um pequeno debate chegamos a seguinte conclusão: Serão realizados 6 LARPs, dois deles serão materiais importados de outros países, cada integrante será o idealizador de um, e um será idealizado pelo grupo. Já as oficinas, que serão 4, precisávamos definir temas que fossem relevantes neste primeiro momento de pesquisa. E assim surgiram ao menos 8 temas que estão em debate e em produção, logo mais sendo disponibilizadas neste blog para divulgação.

No trecho final da reunião conversamos sobre as definições que teríamos que pesquisar a respeito, e referências como filmes, livros, artigos, teatro, e qualquer outro meio que não necessariamente seja um LARP ou relacionado ao LARP, mas que seria muito útil como referência visual, sonora, intelectual e cultural, nos ajudando a criar um pensamento mais aberto para novas possibilidades desta nova arte.

Uma referência citada foi o diretor e cenógrafo Robert (Bob) Willson, que trabalha com elementos visuais e sonoros criando um teatro de visão que transcorre lentamente, com propostas belas e poéticas. Pesquisar e pensar sua linguagem visual minimalista ficou como lição de casa para os integrantes do grupo.


Outra referência que a algum tempo ronda o grupo é O documentário “Olhos Azuis” ( Blue Eyed), que mostra um workshop em que Jane Elliott aplica em adultos um exercício chamado “Olhos azuis/Olhos castanhos”, todos os integrantes já assistiram e perceberam o quanto o filme tem a oferecer para esta discussão sobre LARP. Mas este receberá um post próprio.
E assim chegamos ao fim de mais um encontro, tomando um café na praça de alimentação da universidade e conversando sobre idéias e sonhos que ainda farão parte deste projeto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...