terça-feira, 19 de julho de 2011

Diário de Bordo (5)

Tudo começou em um encontro para resolver questões bancárias do projeto. E lá vamos nós ao Banco. Eu entrei na fila até os meninos conseguirem entrar no banco que deixou-os travados na porta giratória até tirarem todos os itens de metais existentes nas mochilas. E como isso foi impraticável, o Cauê teve que ficar do lado de fora do banco por muuuuuito tempo até resolvermos tudo e conseguir em fim ir para o local onde faríamos a nossa reunião.

Dia 04 de julho de 2011, por volta das 17h na casa do Cauê.

Depois de horas no banco e de nos alimentarmos, conseguimos sentar e pensar.
O workshop estava praticamente definido, seria na semana do dia 17 ao dia 23, na terça, ou quinta feira. O Luiz conversaria com o Lion a noite, logo após esta reunião, para definir detalhes. Idealizamos como deveria ser a nossa parte no Workshop, e todo o material gráfico necessário para a divulgação do evento. Além da necessidade de novo contato com a Oficina Cultural Amácio Mazzaropi, local que planejamos para sediar o evento, e que faz parte das parcerias que fizemos no inicio do Projeto para aprovação no VAI.

Outro destes locais foi a Escola Técnica Carlos de Campos, que também está apoiando o projeto, e onde faremos a divulgação deste primeiro evento.

Ainda pensando em divulgação, paramos para pensar um pouco na divulgação do próprio grupo Boi Voador. A idéia que mais gostamos a principio foi de fazer uma camiseta, para a identificação dos integrantes, e imaginamos fazê-la a mão. Eu fiz um modelinho rascunho apenas para termos uma noção se ficaria bom, não ficou lá estas coisas, mas deu pra ter uma noção. Ainda não definimos, precisamos fazer cotações e ver o que realmente vale mais ser feito neste caso.

Já a filipeta de divulgação do Grupo e do Projeto NPLarp, que ainda está em discussão, surgiu o primeiro rascunho de como poderia ficar, mas está ainda distante de ser o ideal.

Em meio a muita conversa, conseguimos definir quais seriam os primeiros Larps a serem produzidos no projeto NPLarp. O primeiro foi o “Tango para Dois” de criação de Even Tomte e Tor Kjetil Edland, será um dos Larps que importaremos. Para isso o Cauê terá que traduzir, e pedir autorização para o pessoal que criou o Larp - lição de casa.

E o Larp que virá em seguida será o de criação do Cauê, por enquanto intitulado de "LARP 01". O Cauê idealizou um modelo e estamos debatendo as mecânicas de jogo. Além disso pensamos na parte visual, que será polissêmica, imaginamos uma relação espacial com maquetes e as referências de Bob Wilson, já citado em posts anteriores. Estamos idealizando os efeitos de iluminação e a necessidade de acessórios de figurino para a composição dos personagens.

Para encerrar finalizamos com o compromisso de revisar as atas das reuniões anteriores para que não deixemos nada escapar. E aumentar o feedback entre o grupo para que cada item fique completamente amarrado. Tudo isso enquanto comíamos o Brownie duro que eu havia feito, resultado da segunda tentativa fracassada de fazer o tal bolinho dar certo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...