terça-feira, 19 de julho de 2011

Diário de Bordo (6)

Passeio pelo Brás, feirinha da madrugada, mas nem tão de madrugada assim. Eu e o Cauê estávamos pensando em comprar as camisetas para o grupo e cotar o preço de quanto este material seria se mandássemos fazer. Ligação do Luiz: estava vindo se reunir a nós.

Dia 07 de julho de 2011 – Passeio pelo Brás/ Bresser.

E lá estávamos nós na Rua Bresser andando de loja em loja, tentando encontrar a cor certa das camisetas, e cotando impressões. Mariana Waechter, nossa ilustradora, se propôs a fazer as camisetas pintadas a mão, como queríamos de início. Desta forma definimos por esta pintura e conseguimos encontrar as camisetas certas. E ainda encontramos coletes super legais e práticos que nos ajudarão muito quanto estivermos em eventos. O Luiz fez até um modelo bem bacana para entregar a Mari.
Ao final deste dia nos reunimos na Oficina Cultural Mazzaropi, e sentamos para ver o que estava pendente das coisas que já havíamos definido nas reuniões anteriores. Estipulamos o que cada integrante se responsabilizaria para resolver naquela semana e deixar redondo o nosso cronograma.

Definimos as lições de casa.

Erika: Pensar em como fazer a prestação de contas, lista de materiais de papelaria, maquetes eletrônicas planificadas, diários de bordo, divulgação entre amigos e contatos e vetorização dos logotipos.

Cauê: Tradução do "Larp Tango pra Dois" e contato com os seus produtores, finalizar o "Larp 01", e a continuação da pesquisa sobre Larps do exterior.

Luiz: Pensar nos artigos da Rede RPG, em outros artigos, criação das artes para a filipeta e cartazes do workshop.

Ficou como lição de casa para todos, assim que o Cauê traduzisse o material do "Tango para Dois", imaginar uma boa linguagem visual para a produção do evento. Pesquisar novos locais para a divulgação do projeto. Continuar as pesquisas e fazer ao menos uma postagem semanal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...